, , , ,

"Homem que limpava sanitas para que a filha fosse para a Universidade foi surpreendido pelos colegas"

"Homem que limpava sanitas para que a filha fosse para a Universidade foi surpreendido pelos colegas"

O maior desejo de todos os pais é que os seus filhos se tornem em pessoas felizes e de sucesso, sendo capazes de fazerem os maiores sacrifícios para que tal aconteça, mas um homem chamado Idris acabou surpreendido pelos seus colegas de trabalho, quando menos esperava.

Esta é a sua história inspiradora que acabou por viralizar no Facebook numa publicação emocionante que já atingiu mais de 480 mil gostos e mais de 150 mil partilhas:

https://www.facebook.com/gmbakash/posts/1419593894772027:0
“Nunca disse às minhas filhas qual era o meu trabalho. Nunca quis que elas se sentissem envergonhadas por causa de mim. Quando a minha filha mais nova me perguntava o que fazia, costumava dizer-lhe hesitantemente que eu era um trabalhador. Antes de voltar para casa todos os dias, eu costumava tomar banho em casas-de-banho públicas para que elas não tivessem qualquer pista do tipo de trabalho que tinha. Eu queria mandar as minhas filhas para a universidade, para educá-las. Eu queria que elas ficassem na frente das pessoas com dignidade. Eu nunca quis que ninguém as olhasse de cima a baixo da mesma forma como todos me fizeram. As pessoas sempre me humilharam. Eu investi cada centavo dos meus ganhos na educação das minhas filhas. Eu nunca comprei uma camisa nova, em vez disso usei o dinheiro para comprar livros para elas. Respeito, é tudo o que eu quero que eles ganhem de mim. Eu era um empregado-de-limpeza. No dia anterior à última data da admissão da faculdade da minha filha, não consegui obter as taxas de admissão. Não consegui trabalhar naquele dia. Eu estava sentado ao lado do lixo, tentando esconder as minhas lágrimas. Todos os meus colegas de trabalho estavam a olhar para mim, mas ninguém veio falar comigo. Eu tinha falhado e senti o coração partido. Eu não tinha ideia de como ia enfrentar a minha filha que me perguntaria sobre as taxas de admissão, quando chegasse a casa. Eu nasci pobre. Eu acreditei que nada de bom podia acontecer com uma pessoa pobre. Depois de trabalhar, todos os empregados vieram ter comigo, sentaram-se ao meu lado e perguntaram-me se os considerava irmãos.
Antes que eu pudesse responder, eles entregaram-me os rendimentos de um dia. Quando tentei recusar todos; eles me confrontaram e disseram: “Nós morreremos de fome hoje, se necessário, mas a nossa filha tem de ir para a faculdade”. Não consegui responder-lhes. Naquele dia eu não tomei banho, voltei para minha casa como um empregado de limpeza. A minha filha vai acabar o seu curso em breve. Três delas não me deixam trabalhar mais. Ela tem um emprego a tempo parcial e três delas dão explicações. Mas muitas vezes ela leva-me ao meu lugar de trabalho. Alimenta todos os meus colegas de trabalho junto comigo. Eles riem e perguntam por que é que ela os alimenta com tanta frequência. A minha filha disse-lhes: “Todos vocês morreram de fome para mim naquele dia, para que eu possa tornar-me no que sou hoje, rezem por mim para que eu possa alimentá-los a todos, todos os dias”. Hoje em dia já não sinto que sou um pobre homem. Quem tem tais filhas, como é que pode ser pobre!” – Idris.

Deixe um Comentário