Manifestação  Contra Concerto de Fally Ipupa Em França

Por muitos anos grupos de Congoleses residentes na França activamente atacam músicos e pessoas que são vistas como colaboradores do regime do Joseph Kabila e o seu sucessor Félix Tshisekedi, que eles culpam na destruição do seu país. As ações dos grupos na diáspora dificultou a actuação de muitos músicos a Europa.

Fally Ipupa tem muitos fãs em França, mas é visto por alguns Congoleses como sendo parte do regime. Mesmo com a sua popularidade, ele foi forçado a cancelar um concerto em 2011. Quando foi anunciado o seu concerto para este ano em Paris, o governo Francês foi forçado a banir qualquer manifestação pelo risco de violência.

Mesmo com o pronunciamento do governo, grupos de manifestantes apareceram no dia do evento, queimaram duas motorizadas e bloquearam os bombeiros que foram para apagar as chamas. Também houve confrontos entre os manifestantes e a policia que acabou com 30 manifestantes detidos e outros 54 foram multados pela participação numa manifestação ilegal. O evento esta a ser visto como escandaloso pela sociedade Francesa e pelo mundo.

Apesar de tudo, o concerto foi um sucesso com a participação de mais de 20 mil fãs. O cantor agradeceu os seus fãs na sua pagina das redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X